musa

Ama-me ou odeia-me;

jamais resistirei à tua indiferença…

Caberá a ti, musa,

florescer minhas palmas de acanto

ou resumir minha alma a um círculo de prantos.

Anúncios